Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lançamento de tênis de Michael Jordan causa confusão nos Estados Unidos

O lançamento de um tênis de basquete com a assinatura do jogador Michael Jordan gerou confusão e prisões entre compradores ansiosos, em várias cidades americanas, informaram autoridades e a imprensa local.

De Seattle a Atlanta, multidões foram formadas desde a madrugada em frente às lojas para comprar o Air Jordan 11 Retro, reedição de um modelo lançado em 1996, que chegou às lojas nesta sexta-feira ao preço de 180 dólares.

Em Tukwila, na periferia de Seattle, cerca de 2 mil pessoas “começaram a se concentrar às 2h, e a situação saiu do controle às 3h”, disse o porta-voz da polícia Mike Murphy. “As portas foram abertas às 4h, mas a multidão já havia forçado a entrada do shopping”, assinalou.

Uma pessoa foi presa após agredir um policial. “Havia brigas, as pessoas se empurravam, alguns tentavam furar a fila, o que resultava em conflitos. A polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar algumas brigas”, descreveu Murphy.

Em Indianápolis, 300 pessoas se concentraram em frente a um shopping, e outras 400, diante de outro, informou a porta-voz policial Catherine Cummings. “A polícia conseguiu restabelecer a ordem rapidamente, sem prender ninguém.”

A imprensa americana divulgou incidentes semelhantes nos estados de Virgínia, Geórgia e Texas. No subúrbio de Atlanta, houve quatro prisões, uma delas de uma mulher que deixou os dois filhos presos no carro para ficar na fila, informou o canal de TV Fox 5.

Na tarde de hoje, o tênis da discórdia já estava à venda no site de leilões eBay, com lances de até 700 dólares.

“Trabalho nisto há 15 anos, e nunca vi uma multidão tão grande e descontrolada. Havia cheiro de maconha e garrafas de bebida jogadas no chão”, comentou o porta-voz da polícia de Tukwila.

Contactada pela AFP, a Nike, que comercializa o tênis, não respondeu aos pedidos de entrevista.