Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça proíbe repasses de recursos públicos ao Comitê Rio 2016

União e a prefeitura do Rio de Janeiro não poderão fazer repasses de recursos ao Comitê Organizador Rio 2016

A Justiça Federal proibiu nesta sexta-feira, dia 12, que a União e a prefeitura do Rio de Janeiro façam repasses de recursos ao Comitê Organizador Rio 2016 até que seja dada ampla publicidade aos gastos do comitê. Segundo a decisão da juíza Marcia Maria Nunes de Barros, da 13ª Vara Federal do Rio de Janeiro, todos as receitas e gastos do órgão privado devem ser enviados ao Ministério Público Federal e ao Tribunal de Contas da União.

Caso seja descumprida a decisão judicial, a pessoa que autorizar o repasse terá que pagar uma multa diária de 100 000 reais. E, caso já tenham sido realizados quaisquer repasses, o Comitê Organizador está impedido de realizar pagamento ou transferência desses recursos, também sob pena de uma multa diária de 100 000 reais.

A juíza tomou a decisão em resposta a uma ação do Ministério Público Federal, que pedia a transparência dos gastos de recursos públicos do Comitê Organizador Rio 2016. Quando o MPF entrou com a ação, no final de julho, o comitê informou que todo o seu orçamento é proveniente de recursos privados e não há recebimento de recursos públicos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Helio José Andrade Santos

    e a medalha de ouro é só casqueada de ouro, por dentro é de cobre e prata. Que pobreza, antigamente era de ouro puro.

    Curtir

  2. Helio José Andrade Santos

    O grande erro, criminoso, eu acho, dos donos das olimpíadas, a maioria nobres, é a exploração dos voluntários. Um voluntário ganha uniforme, lanche e alegria, não ganha dinheiro. Mas os donos dos jogos, as TVs e empresas que pagam merchandising caríssimos e os atletas ganham muito dinheiro. Só a abertura deu 5 bilhões de expectadores, ou seja, 5 bilhões de dólares de patrocínio direto e 20 bilhões indiretos. O COI quer o quê? Isso é exploração, não seja voluntário numa copa ou olimpíada.

    Curtir