Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça aceita denúncia contra PM acusado de matar o menino Eduardo

Criança morreu na porta de casa depois de ser atingida na cabeça por um tiro de fuzil. Caso aconteceu em abril deste ano, no Complexo do Alemão

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou, nesta quarta-feira, a denúncia do Ministério Público contra o policial militar Rafael de Freitas Monteiro Rodrigues, acusado de ter assassinado o menino Eduardo de Jesus Ferreira, de 10 anos, em abril deste ano, no Complexo do Alemão. O garoto morreu na porta de casa depois de ser atingido na cabeça por um tiro de fuzil.

A decisão é da juíza da 4ª Vara Criminal da Capital, Katylene Collyer Pires de Figueiredo. “Há indícios de materialidade e autoria suficientes a autorizar o início da ação penal”, justificou a magistrada. A juíza também destacou que o próprio Rodrigues admitiu ter feito o disparo.

No início do mês, a Delegacia de Homicídios, que investigava o caso, considerou legítima a ação dos policiais e optou pelo arquivamento do processo. Mas não foi o que o MP entendeu e, por isso, ofereceu denúncia no último dia 19.

Leia mais:

PM afasta 8 policiais participantes da ação que resultou na morte de menino

Pezão admite erro da PM em ação que resultou em morte de menino

Tiros que mataram menino e dona de casa no Complexo do Alemão partiram de armas da PM

(Da redação)