Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Julgamento do caso Geisy Arruda é adiado

Ex-estudante de Turismo foi cercada e ameaçada dentro de universidade em 2009. Ela quer R$ 1 milhão de indenização por danos morais

A Justiça de São Paulo decidiu nesta segunda-feira adiar o julgamento do caso Geisy Arruda. Tanto o advogado da atriz quanto o da Universidade Bandeirante (Uniban) fizeram suas sustentações orais e, em seguida, a desembargadora Rosa Maria Andrade Nery pediu que o julgamento fosse interrompido. Rosa Maria quer mais tempo para analisar o processo. O caso pode ser retomado na próxima segunda-feira. Em outubro de 2009 a ex-estudante de Turismo foi cercada e ameaçada dentro do câmpus de São Bernardo da Uniban por usar um microvestido rosa. O episódio foi seguido por uma atitude ainda mais humilhante: a reitoria da universidade expulsou Geisy por “desrespeito à dignidade acadêmica e à moralidade” e publicou notas em jornais para divulgar a decisão.

Geisy com o vestido que causou polêmica na Uniban Geisy com o vestido que causou polêmica na Uniban

Geisy com o vestido que causou polêmica na Uniban (/)

A Uniban foi condenada em 2010, em primeira instância, a pagar indenização de 40 000 reais a Geisy por danos morais. A universidade recorreu para cancelar a sentença. A defesa da estudante também recorreu, para aumentar o valor da indenização. Esses dois recursos é que estão agora em análise pela 34ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). Nehemias Melo, advogado de Geisy, pede que sua cliente seja indenizada em 1 milhão de reais. “A Uniban gastou cerca de 500 000 reais para divulgar minha expulsão em uma nota nos jornais. Um milhão de reais não seria nada pra eles”, disse Geisy no Twitter logo depois da audiência. “Ainda dói lembrar aquele dia. Nunca senti tanto medo, mas lutarei até o fim dos meus dias.” A atriz não foi à sessão. Vida nova – Seja pela solidariedade que despertou nas pessoas com o episódio da Uniban, seja pelos longos cabelos loiros que sacode do alto de seu 1,71 metro, Geisy Arruda virou celebridade. Posou nua e participou de um reality show. Hoje trabalha em um programa de humor da TV e se prepara para desfilar pelo terceiro ano pela escola de samba Porto da Pedra, do Rio de Janeiro. No carnaval de São Paulo ela sai pela Águia de Ouro.