Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Jovem acusada de matar o namorado em motel de Niterói se apresenta à polícia

Por Da Redação 16 Maio 2011, 12h34

Acusada de matar o namorado em um motel na cidade de Niterói, na região metropolitana do Rio, a jovem Verônica Verone de Pávoa, 18 anos, apresentou-se na manhã desta segunda-feira à polícia. O crime, ocorrido na madrugada de sábado, tem todos os elementos para se tornar um daqueles casos que prendem a atenção da classe média e terminam em um julgamento cheio de controvérsias.

Fábio Gabriel, a vítima, tinha 33 anos e era empresário. Verônica alegou legítima defesa, mas admitiu à polícia ter estrangulado o amante com um cinto enquanto ele estava desacordado, depois de uma briga. No carro foram encontrados cocaína e maconha. E, para dar ainda mais pimenta à história, Verônica é apontada por amigos como pivô da separação de Fábio de sua ex-mulher.

A polícia informa que o casal chegou ao motel por volta das 2h de sábado – depois de comprar drogas em uma favela. Verônica disse que somente Fábio teria consumido os entorpecentes no motel.

A delegada Juliana Rattes, titular da 77ª DP (Icaraí) busca agora esclarecer “contradições” na versão apresentada por Verônica. Ela teria, por exemplo, tentado arrastar o corpo para fora do quarto e fugiu do local, usando o carro de Fábio.

Amigos da vítima dizem que Verônica já tinha feito ameaças contra Fábio, supostamente por ele ter se envolvido com outra mulher.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM:

Estatísticas oficiais mostram queda nos homicídios no Rio

Continua após a publicidade

Publicidade