Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Itamaraty: brasileiros mortos no Peru não foram atacados

Por Da Redação 28 jul 2011, 09h05

Por Tânia Monteiro, enviada especial

Lima – O embaixador do Brasil em Lima, Carlos Alfredo Lazary Teixeira, confirmou a morte do engenheiro Mário Augusto Soares Bittencourt, de 61 anos, e do geólogo Mário Gramani Guedes, de 57 anos. Eles foram para o Peru trabalhar na construção de uma hidrelétrica e sumiram quando faziam estudos de sondagem, ao se separarem de um grupo de sete colegas. Seus corpos foram achados nas proximidades das margens do Rio Maranhon, a 300 quilômetros da cidade de Bagua Grande. A região está situada entre a serra e a selva peruana.

O Ministério das Relações Exteriores negou que os dois poderiam ter sido atacados por moradores da região contrários à construção da usina hidrelétrica. O embaixador Lazary disse que o médico legista que fez a primeira autópsia dos dois corpos informou que eles estavam intactos e sem qualquer sinal de violência. A polícia peruana que investiga o caso disse também que objetos pessoais de valor de ambos, como máquinas fotográficas, celulares e carteiras estavam com os dois brasileiros.

A causa da morte dos dois ainda não foi divulgada. O local onde eles foram encontrados ficava a 2.800 metros de altitude e lá há uma forte dificuldade de respiração, além da temperatura na área ser muito baixa. A mata no local não era fechada.

A presidente Dilma Rousseff já havia sido informada sobre o ocorrido. O embaixador afirmou que um diplomata brasileiro foi enviado para o local para a identificação dos corpos e translado. Os corpos de Bittencourt e Guedes devem ser repatriados hoje para o Brasil. Por meio de nota, a Leme Engenharia, empresa onde os dois trabalhavam, lamentou as mortes e informou que vai providenciar o suporte psicológico e assistencial aos familiares.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês