Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Horror em Pernambuco: bandidos estupram, espancam e atropelam duas mulheres

Uma das vítimas morreu no local. Elas foram levadas de João Pessoa ao sair de uma festa junina. O bebê de uma delas estava no carro

Duas mulheres foram sequestradas, estupradas, agredidas e atropeladas repetidas vezes por dois criminosos na madrugada de sábado em Pernambuco. Uma das vítimas morreu e a outra está internada. As mulheres foram raptadas em João Pessoa, na Paraíba, e levadas pelos algozes a Goiana, no estado vizinho de Pernambuco – o bebê de uma delas estava no carro, mas não sofreu ferimentos.

Glória Silva, de 42 anos, morreu no local. A outra vítima, Caroline Teles Figueiredo, de 31 anos, mãe da criança, conseguiu descrever para a polícia os momentos de horror que viveu ao lado da amiga. De acordo com o delegado Herbert Martins, titular da 16ª Delegacia de Homicídios de Goiana, a 62 quilômetros de Recife, Caroline dava uma carona a amiga depois de terem saído de uma festa junina em uma creche no bairro Jardim Cidade Universitária, em João Pessoa. Quando ela parou o carro, dois criminosos portando uma arma mandaram que elas entrassem novamente no veículo e obrigaram Caroline a dirigir até a cidade de Goiana, a quase 80 quilômetros do local do rapto. Um dos bandidos ameaçava as vítimas de dentro do carro, enquanto o outro os seguia de moto. Segundo informações da polícia, um deles aparentava ter 40 anos de idade e tem 1,65 metros de altura.

Ao chegarem à zona rural da cidade, as vítimas foram espancadas e estupradas. Depois, os criminosos passaram com o carro de Caroline diversas vezes sobre elas. A criança foi colocada na beira da estrada, segundo informações da polícia, a vinte metros de onde tudo ocorreu. As mulheres foram encontradas na manhã de domingo, depois que funcionários da Usina Santa Tereza, que fica próxima ao local, faziam uma ronda na região. A mulher que sobreviveu foi encaminhada ao hospital Miguel Arraes e está com múltiplas fraturas e uma lesão no baço em consequência do atropelamento. O bebê foi encaminhado para o Hospital Belarmino Correia, mas já recebeu alta e está com a família da mãe.