Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem que mantinha refém em loja na Avenida Paulista é preso

Suspeito, que seria conhecido da vendedora, se entregou às 13h50 e foi levado ao 65º DP; vítima, ainda não identificada, não sofreu nenhum ferimento

A mulher que estava sendo mantida refém na loja de chocolates Brasil Cacau da Avenida Paulista foi libertada no início da tarde deste sábado. O suspeito, que seria conhecido da vítima, se entregou às 13h50 (horário de Brasília) e foi levado ao 65º DP. A vítima, vendedora da loja, não sofreu nenhum ferimento.

Durante a negociação, equipes da Polícia Militar ocuparam a calçada e parte da via, no cruzamento com a Avenida Brigadeiro Luís Antonio. A mulher teria sido ameaçada com uma faca no pescoço na parte do fundo da loja.

A passagem de pedestres no trecho da avenida ficou totalmente bloqueada. O nome do suspeito não foi informado pela polícia, mas ele não teria antecedentes criminais nem teria tentado roubar o estabelecimento.

Leia mais:

Homem mantém vendedora refém em loja da Avenida Paulista

FHC passa bem após cirurgia para colocação de marca-passo

Segundo a CET, o tráfego de veículos foi suspenso na Avenida Paulista, no trecho em frente à loja, no sentido Paraíso. O desvio foi feito pela Avenida Joaquim Eugênio de Lima. Os motoristas precisaram fazer um retorno para acessar novamente a via no quarteirão seguinte.

(Com Estadão Conteúdo)