Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

‘Havia empregados na área atingida’, diz Vale

Mineradora confirmou a "possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas"

Por Da redação - Atualizado em 25 jan 2019, 19h10 - Publicado em 25 jan 2019, 16h03

A mineradora Vale emitiu uma nota oficial sobre o rompimento da barragem em Brumadinho (MG) nesta sexta-feira, 25, na qual afirma que “havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas.”

A Vale informou que parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida e que as causas do acidente ainda estão sendo esclarecidas. Assim como fez o presidente Jair Bolsonaro via redes sociais, a mineradora disse que a prioridade neste momento é “apoiar nos resgates para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais”.

Confira, abaixo, a nota completa da Vale:

A Vale informa que, no início desta tarde, ocorreu o rompimento da Barragem 1 da Mina Feijão, em Brumadinho (MG). A companhia lamenta profundamente o acidente e está empenhando todos os esforços no socorro e apoio aos atingidos.

Publicidade

Havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas. Parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida.

O resgate e os atendimentos aos feridos estão sendo realizados no local pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. Ainda não há confirmação sobre a causa do acidente.

A prioridade máxima da empresa, neste momento, é apoiar nos resgates para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais.

A Vale continuará fornecendo informações assim que confirmadas.

Publicidade