Clique e assine com até 92% de desconto

Greve para ônibus por duas horas – e afeta 1 mi em São Paulo

Paralisação foi motivada pela morte de um motorista; terminais começaram a reabrir depois do meio-dia

Por Da Redação 5 nov 2014, 10h46

(Atualizado às 12h46)

Terminou por volta das 12h40 desta quarta-feira a greve de ônibus em São Paulo. A paralisação fechou todos os 29 terminais da cidade por volta das 10 horas – e afetou cerca de 1 milhão de passageiros, informou a São Paulo Transporte (SPTrans). A frota da cidades conta com 15.000 coletivos.

A volta dos ônibus aos itinerários começou a ocorrer por volta do meio-dia, segundo o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano (Sindmotoristas), que organizou a greve em protesto contra a violência no sistema de transportes.

Os motoristas resolveram cruzar os braços depois que um colega de profissão foi morto há duas semanas, na Zona Norte da cidade. Ele teria sido vítima de um ataque ao coletivo no dia 18 de setembro no Parque São Domingos e sofreu queimaduras em 80% do corpo depois que bandidos atearam fogo ao veículo.

Segundo a SPTrans, desde o início deste ano foram incendiados 119 ônibus e outros 795 sofreram algum tipo de vandalismo. No ano passado, foram incendiados 65 coletivos e 1.216 foram vandalizados.

Leia também:

Motoristas de ônibus marcam greve para esta quarta-feira

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade