Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Greve em 5 aeroportos deixa 12% de voos com atrasos

Nos aeroportos Tom Jobim, no Rio, Confins, em Belo Horizonte, de Fortaleza, Brasília e Salvador o movimento estava normal no começo da manhã

Com a paralisação dos aeroviários (funcionários dos aeroportos que trabalham em terra) deflagrada na tarde desta quinta-feira, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrava, às 7 horas desta sexta, atrasos em cerca de 12% dos voos programados para o período em todo o país. Entre os 458 voos domésticos previstos para decolar, 54 partiram com atrasos de mais de meia hora e 17 foram cancelados.

Nos aeroportos Tom Jobim, no Rio de Janeiro, Confins, em Belo Horizonte, de Fortaleza, Brasília e Salvador, onde os aeroviários estão em greve, o movimento estava normal no começo da manhã. Em Brasília, o movimento de passageiros estava normal para o período, sem grandes filas no saguão. Entre os 11 voos programados, cinco registraram atrasos e nenhum foi cancelado.

Em Belo Horizonte, entre os 15 voos previstos, dois estavam atrasados e nenhum foi cancelado. Em Fortaleza, nenhum voo foi cancelado e cinco registraram atrasos entre os 23 previstos. Em salvador, um voo foi cancelado e três tiveram alteração de horário entre os 33 programados e, no Rio, quatro voos estavam atrasados e um foi cancelado, entre os 16 programados.

Em São Paulo, o movimento também estava normal. Em Congonhas, na Zona Sul da cidade, entre os 19 previstos, um foi cancelado e não havia registro de atrasos. Em Cumbica, do total de 44 previstos, nove registram atrasos e cinco foram cancelados.

(Com Agência Estado)