Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Greve de servidores barra tarefa da Comissão da Verdade

Por Da Redação
5 jul 2012, 18h53

Por Leonêncio Nossa

Brasília – Um grupo de servidores em greve do Arquivo Nacional impediu na tarde desta quinta-feira a entrada de membros da Comissão da Verdade na unidade do órgão em Brasília. Os funcionários do arquivo pedem um plano de carreira e mudanças na administração da entidade. A Associação dos Servidores do Arquivo Nacional (Assan) espera sensibilizar o governo para incorporar ao salário dos funcionários uma gratificação temporária que representa metade do vencimento.

No final da tarde, os servidores decidiram em assembleia liberar na sexta-feira a entrada dos membros da Comissão da Verdade para analisar documentos do regime militar repassados nas últimas semanas ao arquivo. “Esse acervo só está aberto ao público graças a um movimento da sociedade civil, de entidades diversas, como a nossa associação”, disse Maria Rita Aderaldo, vice-presidente da Assan. “Em consideração à nossa luta pela liberação dos documentos, vamos permitir a entrada da Comissão da Verdade”, ressaltou. “Só repudiamos comissões da mentira, que não valorizam os servidores.”


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.