Clique e assine a partir de 9,90/mês

Greve de ônibus atinge 120 mil passageiros no Rio

Por Da Redação - 12 abr 2010, 17h23

Uma paralisação parcial dos ônibus municipais afeta os usuários das zonas Sul e Oeste do Rio de Janeiro. Desde as duas horas da madrugada desta segunda-feira, funcionários de quatro empresas estão parados, reivindicando aumento salarial e pagamento de horas-extras em atraso. Ao todo, 1.800 ônibus permanecem estacionados nas garagens.

Com a greve, as estações de trem registraram movimentação acima do normal. A SuperVia disponibilizou trens extras e ampliou o alcance de algumas linhas, mas o trânsito na cidade se complicou mesmo assim, com congestionamentos no centro e, principalmente, na zona Oeste.

O sindicato dos rodoviários e a Rio Ônibus, controladora das companhias de transporte rodoviário na cidade, se opõem à greve. O prefeito Eduardo Paes determinou que as empresas voltem ao trabalho. Para ele, não há motivos para a paralisação, já que um reajuste salarial foi negociado em fevereiro.

Publicidade