Clique e assine a partir de 9,90/mês

Grávida baleada no Rio apresenta melhora no quadro clínico

Michelle Ramos, de 33 anos, respira sem ajuda de aparelhos. O estado de saúde do bebê continua estável, embora gravíssimo

Por Agência Brasil - Atualizado em 17 jan 2018, 16h54 - Publicado em 17 jan 2018, 15h54

O quadro clínico de Michelle Ramos da Silva Nascimento, de 33 anos, baleada na cabeça no sábado (13) em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, vem apresentando melhora significativa. Ela estava grávida de oito meses e foi atingida durante uma tentativa de assalto. Michelle permanece internada no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Geral de Nova Iguaçu.

Segundo o hospital, desde ontem (16), Michelle respira sem a ajuda de aparelhos e está lúcida. “O estado de saúde é estável”, diz nota do hospital.

O bebê, que nasceu de uma cesariana de emergência, também no sábado, continua sem alterações no quadro clínico. “Ele permanece internado na UTI neonatal da Maternidade Municipal Mariana Bulhões, respirando com ajuda de aparelhos. O estado de saúde é gravíssimo, porém estável”, disse, em nota, o hospital.

Michelle deu entrada na unidade de saúde, também conhecida como Hospital da Posse, no sábado e foi submetida a uma cirurgia para descompressão craniana. As equipes médicas de pediatria e obstetrícia avaliaram a paciente e optaram por realizar a cesariana no mesmo momento da cirurgia neurológica. O bebê foi transferido de ambulância com UTI móvel para a maternidade.

Publicidade