Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo de SP suspende processamento de licitação

A decisão foi tomada após reportagem do jornal Folha de S. Paulo, na qual a publicação informa que já tinha conhecimento do resultado da licitação há seis meses

O governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), determinou nesta terça-feira, 26, a suspensão do processamento da licitação dos lotes de 3 a 8 da linha 5 (Lilás) do metrô. A decisão foi tomada após reportagem do jornal Folha de S. Paulo, na qual a publicação informa que já tinha conhecimento do resultado da licitação há seis meses.

O processo de licitação foi aberto em outubro de 2008, quando José Serra (PSDB) ainda era governador do estado. No início de abril, ele deixou o cargo para concorrer à Presidência da República.

Depois que assumiu o governo, o vice de Serra, Alberto Goldman, suspendeu o processo de licitação e pediu que as empresas refizessem suas propostas. Contudo, o resultado já estava definido. A Folha teve acesso aos nomes das empresas e fez o registro da apuração em cartório nos dias 22 e 23 de abril, três dias antes da suspensão determinada por Goldman. Na quinta passada, dia 21, o nome das empresas vencedoras foram divulgadas.

Em visita ao Rio de Janeiro, o candidato à presidência José Serra (PSDB) disse que todo o processo aconteceu depois da sua saída do governo. Mas, segundo ele, pode ter havido um ‘acordo de construtoras’. “Eu creio que o governador Goldman vai instaurar uma investigação, inclusive com o Ministério Público. O importante é que tudo seja bem esclarecido”, disse.

Para Serra, a obtenção de valores menores no segundo processo licitatório prova que o interesse público foi defendido. “Foi feita uma licitação depois do meu governo que foi cancelada, porque os preços não eram bons para o estado e queríamos preços mais baixos. Foi feita depois outra concorrência e esta teve preços menores. Portanto, o interesse do estado foi defendido”, disse Serra.

(Cecília Ritto, do Rio de Janeiro)