Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gleisi diz que governo tenta acordo com aeroviários

Aeronautas e aeroviários prometem greve a partir desta quinta-feira, o que pode gerar caos nos aeroportos no fim do ano

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, afirmou nesta terça-feira que o governo está negociando um acordo com os sindicatos de aeronautas e aeroviários, para evitar greve prevista para a próxima quinta-feira. De acordo com Gleisi, o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, foi escalado pelo governo para tentar solucionar o caso.

Os profissionais exigem aumento de salários de 8%, mas a proposta foi rejeitada pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA) nesta segunda-feira. A entidade defende reajuste de 6,17%, mesmo valor do Índice de Preços ao Consumidor (IPC). “Há uma margem de negociação, as reuniões estão acontecendo e tudo irá se resolver bem”, disse Gleisi. A ministra falou com os jornalistas após se reunir com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

A tentativa de um acordo não teve sucesso nesta segunda-feira no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os dirigentes do SNEA afirmaram que não têm condições de conceder aumento acima da inflação aos funcionários,que ameaçaram, então, paralisação. Eles prometeram manter 20% das atividades em funcionamento.

Passageiros – Em nota divulgada nesta terça-feira, a Secretaria de Aviação Civil informou que está acompanhando diariamente o processo de negociação com os funcionários e as companhias aéreas. O texto diz também que o governo tomará as medidas cabíveis para que os passageiros não sejam prejudicados. “O governo acredita que o diálogo é um caminho privilegiado, e que o bom senso e a responsabilidade prevalecerão.”