Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Gay agredido na Paulista, em SP, volta a ser internado

Por Da Redação - 6 out 2011, 16h31

Por Marcela Bourroul Gonsalves

São Paulo – O supervisor financeiro J.P., de 30 anos, que foi agredido na região da Avenida Paulista no último sábado, voltou a ser internado esta semana. Segundo o Hospital Nossa Senhora de Lourdes, localizado no Jabaquara, zona sul de São Paulo, ele está em um apartamento.

Ele e seu companheiro, o analista fiscal Marcos Paulo Villa, de 32 anos, alegam terem sido agredidos com socos e pontapés por dois homens que os seguiram desde o Sonique Bar, na Rua Bela Cintra, de onde eles haviam saído. O caso aconteceu emfrente ao restaurante Mestiço, na Rua Fernando de Albuquerque. J.P. teve a perna direita fraturada em dois pontos. A agressão está sendo investigada pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

Publicidade