Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Galliano considerado culpado de proferir insultos antissemitas

Por Francois Guillot 8 set 2011, 09h19

O estilista britânico John Galliano, de 50 anos, foi considerado culpado de ter proferido insultos antissemitas e condenado a uma multa de 6.000 euros (8.400 dólares), mas com sursis, em uma audiência celebrada nesta quinta-feira no Palácio de Justiça de Paris.

Galliano, demitido pelo grupo Christian Dior, não compareceu à audiência no Tribunal Correcional de Paris.

John Galliano, que foi objeto de duas ações por insultos antissemitas e racistas proferidos em duas ocasiões contra fregueses de um bar do bairro parisiense Le Marais, poderia ter sido condenado a uma de pena de até seis meses de prisão e a pagar uma multa de 22.500 euros (31.000 dólares).

Publicidade