Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Furto de gasolina danifica duto da Petrobras

Por Pedro da Rocha e Ricardo Valota

São Paulo – A polícia procura o responsável por roubar combustível de um duto da Petrobras por meio de um poço em Itaquaquecetuba. A atividade foi descoberta ontem, após os vizinhos do terreno ouvirem explosões e um forte cheiro de gasolina. A polícia, bombeiros e a Defesa Civil foram chamadas para apagar as labaredas de fogo, de até seis metros de altura, que assustaram os moradores do bairro Jardim Tropical.

“Quando chegamos ao local, retiramos os moradores das duas construções próximas ao terreno para a segurança deles”, disse Dirceu Baz, da Defesa Civil Municipal. As chamas foram extintas por volta das 16h de ontem. “Acionada, a Petrobras conseguiu autorização do dono do terreno para derrubar um muro que cercava a área do poço, assim como um barraco. Esta medida facilita o trabalho de retirada da gambiarra”, contou Baz, que disse ainda ter ficado impressionado com a execução da conexão com o duto. “Quem fez isso possui um bom conhecimento técnico.”

A área, segundo o proprietário contou à polícia, foi alugada há seis meses para um desconhecido. Ele não assinou um contrato legal de aluguel. O suspeito, segundo a polícia, cavou o poço, de quatro metros de profundidade por um metro de diâmetro, forrou as paredes com anéis de concreto e fez uma ligação com a tubulação, da qual começou a furtar nafta, um derivado do petróleo.

A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) esteve no local para colher amostras do solo e da água de um riacho, próximo ao terreno, para verificar se foram contaminados. Às 4h30 de hoje, técnicos da Petrobras permaneciam no terreno. Não há previsão de término dos trabalhos.