Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fundador do WikiLeaks anuncia candidatura ao Senado

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, atualmente em prisão domiciliar no Reino Unido, anunciou neste sábado no Twitter que pretende disputar as eleições ao Senado na Austrália, previstas para 2013.

De nacionalidade australiana, Assange, que viu o portal WikiLeaks ganhar fama em 2010 ao divulgar documentos militares secretos sobre o Iraque e o Afeganistão, assim como telegramas diplomáticos americanos, está em prisão domiciliar na Inglaterra há um ano.

Ele aguarda a decisão definitiva da justiça britânica sobre uma ordem de prisão emitida contra ele pela Suécia em um caso de estupro e agressões sexuais, acusações que nega.

“Descobrimos que era possível para Julian Assange concorrer ao Senado australiano apesar de estar em prisão domiciliar”, afirma o site WikiLeaks.

“O estado pelo qual Julian apresentará sua candidatura será anunciado no momento adequado”, completa a nota WikiLeaks.

O governo australiano criticou o WikiLeaks em várias oportunidades. A primeira-ministra Julia Gillard chamou o site de “totalmente irresponsável”.