Clique e assine com 88% de desconto

Funcionário de bloco morre em trio elétrico na Bahia

Homem caiu de veículo após descarga elétrica da rede de alta tensão

Por Da Redação - 12 fev 2013, 17h25

Um funcionário do bloco Me Abraça, comandado pelo grupo Asa de Águia, morreu na manhã desta terça-feira de Carnaval, em Salvador, durante as manobras de um trio elétrico no Circuito Dodô (Barra-Ondina). Erisvaldo Max de Carvalho Santana, de 22 anos, auxiliava os trabalhos de cima do trio elétrico, quando recebeu uma descarga elétrica da rede de alta tensão. Com o choque, ele foi projetado e caiu do veículo. Santana chegou a ser levado, em estado grave, para um posto de saúde municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda não foi determinada a causa da morte – descarga elétrica ou a queda. “Temos de esperar o trabalho da perícia para determinar as condições exatas do fato e responsabilidades”, disse o secretário municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Guilherme Bellintani. Esta foi a quarta morte registrada nos circuitos de Carnaval de Salvador neste ano.

Na noite de segunda-feira, houve uma outra ocorrência na região, com a denúncia de um suposto explosivo sob o Viaduto Menina do Gantois, na Avenida Reitor Miguel Calmon, área entre os Circuitos Dodô e Osmar. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, um agente da Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador) avisou a PM sobre a presença de um artefato parecido com uma granada no local. A via foi interditada por uma hora, e o material foi detonado. O que restou foi recolhido para perícia.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade