Clique e assine com até 92% de desconto

França abre investigação sobre deputado fantasiado de nazista

Por Jean-Pierre Clatot 22 dez 2011, 11h21

A França abriu uma investigação sobre um deputado britânico que foi gravado em uma festa realizada nos Alpes franceses cantando hinos hitlerianos e fantasiado de oficial da SS, anunciou nesta quinta-feira a procuradoria de Albertville (leste).

“Ontem (quarta-feira) foi aberta uma investigação preliminar” sobre o comportamento do deputado conservador Aidan Burley, declarou à AFP o procurador de Albertville, na região de Saboya, Patrick Quincy.

“Não fui informado deste assunto, que não teve difusão em Val-Thorens”, cidade na qual a festa foi realizada, explicou Quincy, que ficou sabendo do caso pela AFP.

Em um vídeo gravado por um cliente do restaurante no qual ocorreu a festa e ao qual a AFP teve acesso, se vê entre os convidados um homem vestido com o uniforme nazista, enquanto que em uma fotografia ele aparece em frente à entrada do estabelecimento fazendo uma saudação hitleriana, usando um bracelete com a suástica.

Devido ao escândalo desatado no Reino Unido, Burley foi afastado de seu cargo como encarregado de projetos na Secretaria de Transportes.

Segundo a imprensa britânica, Burley manifestou através de sua conta no Twitter sua “profunda tristeza pelo ocorrido” e reconheceu que “o comportamento de alguns dos convidados foi claramente inapropriado”.

“Peço desculpas por qualquer ofensa provocada”, completou o deputado.

Continua após a publicidade
Publicidade