Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fortes chuvas (quem diria!) voltam a castigar São Paulo

A quarta-feira foi um dia atípico no ano que para a Região Metropolitana de São Paulo, que enfrenta um dos piores períodos de estiagem da história. Por volta das 15 horas, fortes pancadas de chuva começaram a cair sobre Osasco (SP), percorreram a capital e se concentraram com mais força na Zona Leste da cidade, onde um córrego transbordou, deixando ruas alagadas e veículos submersos. Imagens exibidas pelo jornal SPTV, da Rede Globo, mostraram um caminhão sendo arrastado pela correnteza. Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido na ocorrência. Ao todo, o CGE registrou seis pontos de alagamento no horário mais crítico da chuva, por volta das 16 horas, e decretou estado de atenção em todas as regiões da cidade. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) também informou que as avenidas Jacu-Pêssego e Itaquera, ambas na Zona Leste, ficaram intransitáveis. Em meio aos transtornos, uma boa notícia: a chuva intensa atingiu os principais reservatórios da Grande São Paulo, os Sistemas Cantareira, Guarapiranga e Tietê, que têm operado a níveis baixíssimos de sua capacidade. O meteorologista do CGE Michael Pantera afirmou que um temporal como esse só havia ocorrido no início do ano. Ele também previu mais chuvas “com potencial de alagamento” para esta quinta e sexta-feira. (Eduardo Gonçalves, de São Paulo)