Clique e assine a partir de 9,90/mês

Forças de segurança simulam abertura da Rio-2016

Cerca de 2.000 profissionais participaram da ação

Por Da redação - Atualizado em 17 Jul 2016, 11h23 - Publicado em 17 Jul 2016, 11h17

As forças de segurança envolvidas na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos estão realizando na manhã deste domingo o 3º Simulado da Operação de Segurança para a abertura da Olimpíada, no Estádio Jornalista Mario Filho, o Maracanã.

A simulação do esquema de segurança interditou das 6h às 12h os acessos ao Palácio Itamaraty, no centro da cidade, e ao Maracanã, na zona norte. A coordenação da operação é da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça e Cidadania (Sesge/MJC).

LEIA MAIS
Ato terrorista é simulado em estação de trem do Rio

Para o titular da Sesge/MJC, Andrei Rodrigues, a simulação deste domingo, três semanas antes da abertura da Olimpíada, servirá para “garantir atenção ainda maior dos profissionais envolvidos na operação ao trabalho a ser realizado no dia da solenidade de abertura dos Jogos Rio 2016”.

A ação atinge diversos pontos e vias da zona sul, Barra da Tijuca, Maracanã e centro do Rio, simulando o transporte de atletas, voluntários, árbitros, organizadores e autoridades que participarão do evento no Maracanã.

Continua após a publicidade

Mais de 250 ônibus devem percorrer rotas de chegada e de partida tendo como destino o estádio, bem como as imediações do Palácio Itamaraty.

O simulado conta com a participação de cerca de 2 mil profissionais das policiais Federal, Rodoviária Federal, Militar, Força Nacional de Segurança Pública, Corpo de Bombeiros, Forças Armadas e da Companhia de Engenharia de Tráfego e da Guarda Municipal.

(Com Agência Brasil)

Publicidade