Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Forças Armadas prendem 24 pessoas em operação em Angra dos Reis

Ação de combate à violência no litoral sul do Rio apreendeu armamento pesado, drogas e carros roubados

As Forças Armadas prenderam 24 pessoas em operação contra a onda de violência em Angra dos Reis (RJ)A ação faz parte das medidas da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro e contou também com homens das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal.

De acordo com balanço divulgado pelo Comando Militar do Leste (CML), as forças de segurança apreenderam armamento pesado: quatro espingardas, uma pistola automática, dois carregadores de fuzil e dois de pistola, munições para pistola e fuzil e cinco granadas de fabricação caseira.

A operação também encontrou grande quantidade de drogas, 673 bisnagas de explosivos e 20 metros de estopim para detonação usado por criminosos para explodir agências bancárias. Foram recuperados 10 carros roubados. Os militares revistaram 9.522 pessoas e veículos em vários pontos de Angra dos Reis.

Situação de emergência

No dia 21 de agosto, o prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, decretou situação de emergência na segurança pública. No dia seguinte, ele se reuniu com o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, general Richard Nunes, para pedir apoio das forças de segurança para combater o crime organizado.

Jordão pediu ao general Richard um carro blindado para dar suporte às ações do 33° Batalhão da Polícia Militar, sediado em Angra dos Reis. Segundo o prefeito, o secretário disse que vai mandar um blindado para o município e também reforço de militares, mas que será de forma gradual e não com efetivo maior como o prefeito pretendia.