Clique e assine a partir de 9,90/mês

Filho de Bolsonaro compartilhou funk que compara mulheres a cadelas

Música foi tocada durante Marcha da Família, que aconteceu neste domingo no Recife

Por Fernando Molica - Atualizado em 26 set 2018, 17h55 - Publicado em 25 set 2018, 14h24

A página no Facebook do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL), filho de Jair Bolsonaro e candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro, exibe clipe do funk que critica mulheres: a letra afirma que as de esquerda “têm mais pelo que cadela”.

Diz também que daria “ração na tigela” para feministas. Domingo passado, o “Funk do Bolsonaro”, paródia de “Baile de Favela”, foi tocado na Marcha da Família, manifestação favorável ao candidato do PSL, realizada no Recife. A letra da versão é de autoria de Tales Volpi, o “MC Reaça”, que também estrela o clipe.

Filho de Bolsonaro, Flavio publicou o funk em sua página no Facebook Reprodução/Facebook

A postagem na página de Flávio Bolsonaro aconteceu em 11 de abril. Na época, o deputado registrou um agradecimento a MC Volpi “pela homenagem”.

A letra do “Funk do Bolsonaro” afirma que as “minas de direita” são “as top mais bela”. Critica também parlamentares de esquerda. Diz que a deputada Maria do Rosário (PT-RS) “não sabe lavar panela” – neste trecho, o clipe exibe imagens da discussão entre ela e Bolsonaro em que o deputado a xingou de “vagabunda” e que declarou que não a estupraria.

A letra do funk ainda faz críticas a outros personagens de esquerda, como o educador Paulo Freire e Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência. O clipe inclui a imagem em que Jair Bolsonaro, numa manifestação, dá tapas e chuta um Pixuleco, boneco inflável que traz uma caricatura de Lula com uniforme de presidiário.

Na última imagem do clipe, Jair Bolsonaro aparece risonho em seu gabinete. Manda um “forte abraço” e simula o gesto de quem aciona o gatilho de uma arma. A Comissão da Mulher Advogada da OAB-PE divulgou uma nota que repudiou a execução da música durante a manifestação.

Continua após a publicidade
Publicidade