Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Explosão de carro em protesto deixa quatro vítimas

Os feridos ficaram com queimaduras pelo corpo e duas pessoas estão em estado grave; manifestação pede melhores condições de moradia

Quatro pessoas ficaram feridas, duas em estado grave, após a explosão de um carro incendiado durante um protesto na manhã desta segunda-feira no Morumbi, Zona Sul de São Paulo. A Secretaria Municipal da Saúde informou que as vítimas foram encaminhadas ao Hospital do Campo Limpo. Os feridos tiveram queimaduras pelo corpo. Entre as vítimas há um menor de onze anos.

De acordo com a Polícia Militar, desde as sete horas, um grupo de aproximadamente cem pessoas fazem uma manifestação na Avenida Doutor Luiz Migliano. Moradores da favela Vila Praia reivindicam melhores condições de moradia, segundo a PM. Os manifestantes incendiaram madeiras e pneus e até caçambas para interditar a via que liga as avenidas Giovanni Gronchi e Francisco Morato.

Por volta das oito horas, uma caminhonete foi colocada em uma das barricadas de lixo e caçambas, nas quais vândalos haviam ateado fogo. O carro explodiu, e pessoas foram atingidas por estilhaços. A área com foco de incêndio foi isolada pelos bombeiros.

A São Paulo Transporte (SPTrans), empresa que gerencia o sistema de ônibus, desviou seis linhas que passam pelo local do protesto na manhã desta segunda,e até as 14h30 os ônibus continuavam sem passar pelo local.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a via continua bloqueada e que os motoristas devem fazer o desvio por ruas laterais. Apesar da interdição, não há registro de congestionamento na região.

(Com Estadão Conteúdo)