Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Expedição VEJA chega a Barra do Garças

Trecho percorrido neste sábado foi o mais longo até agora; cidade matogrossense tem na pecuária sua principal atividade econômica

Por Gabriel Castro, de Barra do Garças (MT) 18 Maio 2014, 00h20

A equipe da Expedição VEJA chegou a Barra do Garças (MT) pouco antes das 0h deste domingo, no horário de Brasília, após mais de dezesseis horas de viagem. O trajeto começou em Sorriso (MT), nas primeiras horas do dia. O trecho percorrido foi de 900 quilômetros, o maior da expedição até agora.

A demora ocorreu porque a malha viária de Mato Grosso ainda está em consolidação. Se a BR-242 estivesse completa, por exemplo, nosso trajeto teria levado 744 quilômetros. Como a rodovia tem grandes trechos sem pavimentação, foi preciso adotar uma rota mais comprida.

Barra do Garças fica na divisa com o Estado de Goiás, às margens do rio Araguaia. A cidade tem um perfil diferente da região centro-norte do Estado, onde fica Sorriso. Aqui, a pecuária é a principal atividade econômica. A cidade abriga uma grande unidade do frigorífico JBS Friboi, que tem capacidade de abater 2.500 cabeças de gado por dia. Três quartos das exportações do município são de carne bovina.

De Barra do Garças, nosso ônibus segue para Brasília, onde a equipe da Expedição VEJA passará a noite de domingo para segunda-feira. O destino seguinte será Luís Eduardo Magalhães (BA). Lá, vamos mostrar como o agronegócio e a chegada de migrantes da região Sul do país mudaram a realidade da região em um curto espaço de tempo.

Tem algo a dizer sobre Barra do Garças, Brasília ou Luís Eduardo Magalhães? Converse conosco pelas redes sociais por meio da hashtag #expedicaoveja.

Continua após a publicidade
Publicidade