Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Ex-vereador e ex-deputado acusados de comandar milícia são julgados no Rio

Irmãos Natalino e Jerominho, que comandavam a quadrilha 'Liga da Justiça', respondem por uma tentativa de homicídio ocorrida em 2005

Por Da Redação 14 fev 2012, 09h15

Acusados de comandar uma milícia que agia com crueldade na zona oeste do Rio, o ex-deputado estadual Natalino José Guimarães e seu irmão, o ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, começam a ser julgados nesta terça-feira no Rio de Janeiro. Também respondem por tentativa de homicídio o ex-policial militar Luciano Guinâncio e Leandro Paixão Viegas, o Leandrinho Quebra-Ossos.

Atualmente cumprindo pena por formação de quadrilha no presídio federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o grupo comandava a milícia Liga da Justiça, que explorava a venda de segurança clandestina e dominava o comércio de itens como botijões de gás, sinal de internet e controlava o transporte alternativo ilegal no bairro. Os quatro deixaram a prisão em Campo Grande na noite de segunda-feira escoltados pela Polícia Federal. Eles dormiram no presídio de Bangu.

A acusação que traz o grupo ao Rio é referente a uma tentativa de homicídio ocorrida em 2005. Os quatro queriam executar Marcelo dos Santos Lopes, que disputava o controle de um ponto de transportes de vans. O julgamento ocorre no 4º Tribunal do Júri, no centro do Rio.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade