Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ex-senador Luiz Estevão se entrega à polícia

Na segunda-feira, a Justiça de São Paulo decretou a prisão do ex-parlamentar, condenado por desvio de verbas da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo

Por Da Redação 8 mar 2016, 09h29

O ex-senador Luiz Estevão se entregou à Polícia Civil do Distrito Federal por volta das 5 horas desta terça-feira. Na segunda, o juiz Alessandro Diaferia, da 1ª Vara Criminal Federal de São Paulo, decretou a imediata prisão do ex-parlamentar. Após a apresentação, Estevão passará por exames no Instituto Médico Legal (IML) e depois será levado para o Complexo de Policia Civil, conforme informou a instituição.

Em 2006, o político foi condenado a 31 anos de cadeia pelo Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3) por desvio de verbas das obras do Fórum Trabalhista de São Paulo. Nesses dez anos que se seguiram à condenação, ele apresentou 34 recursos aos tribunais superiores. Se os valores desviados fossem atualizados, o rombo seria de 1 bilhão de reais, de acordo com a Procuradoria da República.

A prisão do ex-senador, que teve seu mandato cassado em 2008, foi respaldada pela recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou o início do cumprimento da pena de condenados já em segunda instância, antes de se esgotar todos os recursos judiciais. Por isso, em janeiro, o Ministério Público Federal requereu ao ministro Edson Fachin, do STF, o início da execução da pena de prisão imposta pelo TRF3.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade