Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-bispo católico canadense sentenciado por pornografia infantil

Um ex-bispo católico do Canadá, que se declarou culpado das acusações de importação e posse de pornografia infantil, foi sentenciado nesta quarta-feira a 15 meses de prisão e dois anos de liberdade condicional, sentenciou um juiz canadense.

Raymond Lahey, de 71 anos, ex-bispo da diocese de Antigonish, na Nova Escócia (leste), foi liberado depois de proferida a sentença porque já tinha passado um tempo atrás das grades. O ex-bispo havia cumprido oito meses de prisão preventiva, que segundo o código penal canadense conta o dobro.

O ex-religioso constará do registro nacional de criminosos sexuais durante os próximos vinte anos.

Lahey foi detido em setembro de 2009 durante uma revista no aeroporto de Ottawa. A polícia encontrou em seu computador portátil centenas de fotos e vídeos comprometedores de pornografia infantil, alguns com crianças de 8 a 10 anos.

As mais de 600 fotografias e os vídeos encontrados pela polícia incluíam cenas de escravidão e crianças em atos sexuais exibindo um crucifixo e um rosário.