Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA acusam Irã de usar evasivas ao negar complô terrorista

Washington, 1 nov (EFE).- O Departamento de Estado americano informou nesta terça-feira ter recebido uma carta na qual o Governo do Irã usaria uma retórica vaga contra Washington, que acusou a República Islâmica de articular um complô terrorista nos Estados Unidos e exige desculpas oficiais.

‘Era uma carta de sete páginas, dedicadas a depreciar. Estava repleta de negativas de todos os tipos’, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, em sua entrevista coletiva diária.

Nuland afirmou que a carta não tinha muitas coisas novas, pois continha muitas palavras semelhantes às respostas públicas do Irã em relação ao suposto plano terrorista de matar o embaixador saudita em Washington, que veio à tona em outubro.

Os Estados Unidos, que não possuem representação diplomática em Teerã, receberam a carta através da missão suíça na capital iraniana. Nuland destacou que Washington está revisando o conteúdo, e por enquanto não tomou decisões a respeito.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Ramin Mehmanparast, ressaltou nesta terça-feira que a carta é uma resposta a outra mensagem, enviada pelo Governo americano a Teerã em relação à trama, mas também não deu detalhes sobre o conteúdo.

‘Estamos em nosso direito de exigir uma desculpa oficial dos americanos em protesto contra este esquema inventado, já que as acusações não são verdadeiras’, disse Mehmanparast, citado pela agência oficial de notícias ‘Irna’. EFE