Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estudantes desocupam reitoria da USP Leste

Polícia retirou os 31 alunos que estavam há 17 dias no prédio reivindicando eleições diretas para reitor

Estudantes que ocupavam a reitoria da USP Leste desde o dia 2 de outubro deixaram o local na manhã deste sábado. Por volta das 5h, oficiais de dois batalhões da Tropa de Choque acompanharam um oficial de Justiça à universidade para cumprir a liminar que determinava a reintegração de posse do prédio, expedida no dia 10. Segundo a Polícia Militar, 31 pessoas ocupavam a reitoria. Todas saíram pacificamente e não houve prisões. Os policiais ainda estão no local para averiguar as condições do prédio.

Reinaldo Azevedo: A USP é de todos os paulistas, não de um grupo de estudantes

Os estudantes protestam contra o critério de eleições para reitor da USP. Outra demanda é a despoluição do campus, autuado em agosto pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), por descumprimento de exigências ambientais.

Na última sexta-feira, cerca de 120 estudantes bloquearam portões do campus Butantã, na Zona Oeste, onde o prédio da reitoria permanece ocupado. O grupo também pede eleições diretas para a cúpula da instituição.

LEIA TAMBÉM:

Com reitoria ocupada, alunos da USP Leste tomam diretoria

Manifestantes mantêm ocupação da reitoria da USP

(Com Estadão Conteúdo)