Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estudante de 22 anos morre após tentativa de assalto perto da USP

Assaltantes foram detidos e um deles é menor de idade

Gustavo Henrique Duque Castilho de Moraes, 22 anos, morreu após ser baleado em uma tentativa de assalto, perto da Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista. O rapaz que era estudante de arquitetura e urbanismo da Universidade São Judas estava no banco do carona do carro de um amigo, na Avenida Escola Politécnica, no Butantã, quando assaltantes de moto abordaram o veículo na noite de quarta-feira.

O motorista tentou fugir, mas em seguida Gustavo foi atingido com um tiro na cabeça, segundo o boletim registrado no 91º Distrito Policial, Ceasa, divulgado pela rede Globo. Ele foi internado no Hospital das Clínicas da USP, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

Dois suspeitos, Matheus Gonçalves Rodrigues Paraíso, de 19 anos, e um rapaz de 17 foram detidos pela Polícia Militar (PM). A dupla tentou escapar da PM após tentar roubar outro carro na mesma região, mas bateram com a moto num semáforo. Uma arma foi apreendida.

Gustavo era de Ibiúna, filho do ex-vereador Antônio Carlos de Moraes. Segundo o Jornal do Povo de Ibiúna, esta é a terceira morte que acomete a família por violência com armas de fogo.