Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Espião aposentado pode anular operação da PF

Por Guilherme Amorozo
9 set 2008, 08h27

A participação de um servidor aposentado na operação Satiagraha da Polícia Federal pode anular o trabalho de investigação que resultou na prisão do banqueiro Daniel Dantas e outras 15 pessoas. O ex-funcionário da Aeronáutica Francisco Ambrósio do Nascimento admitiu ter atuado na operação a convite do delegado Protógenes Queiroz. Trata-se de uma colaboração ilegal: a lei só permite que um delegado federal convoque servidores de outras áreas caso eles estejam na ativa.

Embora negue, Ambrósio é o principal suspeito de ter grampeado ilegalmente centenas de conversas telefônicas de altas autoridades do país. Uma delas, a conversa do presidente do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes com o senador Demóstenes Torres, foi revelada por uma reportagem de VEJA. No último sábado, Ambrósio confessou aos delegados Rômulo Berredo e William Morad, da PF, ter participado da Satiagraha. Esta informação só foi divulgada na noite desta segunda-feira.

Operando clandestinamente dentro da sede da PF, Ambrósio era o responsável por coordenar o trabalho dos agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) que participaram da operação em parceira com os policiais. Em seu depoimento, Ambrósio disse inclusive já ter trabalhado em outras operações da PF, alguma as convite de Protógenes.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, a PF já trabalha com a hipótese de refazer a operação Satiagraha. A defesa de Daniel Dantas e dos outros acusados deve pedir em breve a anulação do inquérito, segundo um dos delegados, por vício de prova. Para conter os prejuízos das ilegalidades cometidas pela equipe de Protógenes, a PF vai consultar a Justiça e o Ministério Público.

SNI ¿ Ambrósio é ex-funcionário do Serviço Nacional de Informações (SNI), o órgão central da repressão política do regime militar. Egresso da Aeronáutica, ele trabalhou também no órgão que sucedeu o SNI, a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE). Ali, se aposentou em 1998. Apesar de ter comandado os funcionário da Abin na parceria com a PF, ele jamais pertenceu aos quadros da agência ¿ ela foi criada em 1999.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.