Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Energia volta à Teresina depois de 66 horas de interrupção

Concessionária afirma que resolveu 100% das demandas coletivas. mas moradores relatam falta de luz em bairro da capital

Por Ricardo Ferraz Atualizado em 3 jan 2021, 16h50 - Publicado em 3 jan 2021, 16h48

A Equatorial Energia responsável pelo fornecimento de luz no Piauí,  afirma que conseguiu resolver todas as ocorrências coletivas registradas em Teresina nos dias 31 de dezembro e 01 de janeiro, depois que fortes chuvas, ventos e raios interromperam o serviço na capital. Cerca de 280 árvores caíram sobre a fiação.

Por cerca de 66 horas, os moradores ficaram sem luz, o que trouxe prejuízos e gerou protestos – a circulação de algumas das principais vias da cidade foram interrompidas com barricadas e fogueiras.

Segundo a empresa, a força tarefa segue tratando os casos isolados e pontuais registrados. No bairro de Vila Cristalina, moradores relataram que a  luz ainda não voltou. Segundo a empresa, 82 equipes de atendimento emergencial continuam trabalhando para restabelecer esses serviços.

“Em função da gravidade dos danos causados ao sistema elétrico, os trabalhos de recuperação tiveram alta complexidade e tempo de recomposição maior. Diferentemente do atendimento emergencial em condições típicas, nesta situação houve a necessidade de reconstrução da infraestrutura de redes que foram destruídas pelo evento climático registrado”, informou a Equatorial em nota.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade