Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Encontrado helicóptero da Petrobras desaparecido no RJ

Por Da Redação 20 ago 2011, 18h49

Por AE

Rio de Janeiro – Foi encontrado no fundo do mar, na tarde de hoje, o helicóptero desaparecido desde sexta-feira. A aeronave, que prestava

serviços à Petrobras, foi localizada a 99 metros de profundidade, próximo ao local onde desaparecera, a cem quilômetros do litoral de Macaé, no norte

Fluminense. Três corpos ainda não identificados estavam na estrutura. Segundo a Petrobras, já foram iniciados procedimentos para resgate dos

corpos. Também prossegue a busca pela quarta pessoa desaparecida.

Na tarde de hoje a estatal recomendou permanência em solo de todos os helicópteros Agusta AW 139, mesmo modelo da aeronave que caiu. A

Continua após a publicidade

medida foi tomada porque ainda não se sabe as causas do acidente. A estatal marcou para sábado reunião com representantes da empresa

fabricante do helicóptero, que virão da Itália.

Participam das buscas ao ocupante desaparecido da aeronave, ao todo, seis aeronaves, duas delas da Força Aérea Brasileira (FAB), participam da

operação. Dezesseis embarcações prosseguem nas buscas, quatro delas equipadas com robôs submarinos.

O helicóptero transportava Ricardo Leal de Oliveira, de Rio das Ostras (RJ), auxiliar técnico de planejamento da empresa Engevix; e João Carlos

Pereira da Silva, de Campos dos Goytacazes (RJ), técnico de inspeção da empresa Brasitest. Os outros ocupantes eram o piloto Rommel Oliveira

Garcia, do Rio de Janeiro (RJ)e o co-piloto Lauro Pinto Haytzann da Sênior Táxi Aéreo, de São Paulo (SP).

Continua após a publicidade
Publicidade