Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empresário que agrediu cadela vai limpar canil da polícia

Rafael Hermida foi filmado agredindo uma das cadelas da ex-noiva em fevereiro, no Rio de Janeiro

O empresário Rafael Hermida, flagrado em vídeo agredindo uma das cadelas da ex-noiva, vai ter de trabalhar seis horas por semana, durante um ano, na limpeza e na manutenção do canil da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil do Rio de Janeiro. De acordo com o Ministério Público do Estado, ele também terá de pagar 5.000 reais, que serão revertidos para a compra de ração.

Leia mais:

Mulher flagra noivo agredindo sua cadela de estimação

A decisão, formulada pela promotoria, foi aceita por Hermida em audiência no 9º Juizado Especial Criminal, na terça-feira. Ele, porém, não pode manter contato com os cães, conforme ressaltou o promotor Márcio Alemida. A prestação dos serviços comunitários deve ser comprovada todo mês ao 9º Juizado Especial Criminal.

Em fevereiro deste ano, Hermida foi flagrado pela ex-noiva Ninna Mandin agredindo uma das cadelas dela no apartamento onde moravam juntos no Rio de Janeiro. Ela estava desconfiada das agressões porque os cães da raça buldogue começaram a apresentar problemas de saúde quando o empresário se mudou para a casa dela. Ao ver as imagens captadas por uma câmera escondida, Ninna terminou o relacionamento e o expulsou de casa.

A produtora denunciou o ex-noivo no 16ª DP (Barra da Tijuca), onde o caso foi registrado como crime de maus tratos. Ela também publicou o vídeo das agressões nas redes sociais, o que causou comoção na internet.

(Da redação)