Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No interior de SP, motos passam a pagar pedágio e tarifa cai para carros

Pela primeira vez no estado ocorre redução de tarifa em uma transição da concessão; também está previsto desconto adicional de 5% com pagamento automático

Desde a zero hora desta sexta-feira, motociclistas que transitam pelas rodovias Anhanguera (SP-330) e Armando Salles de Oliveira (SP-322), na região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, pagam pedágio.

As tarifas, com valores entre 2,85 e 5,50 reais, equivalentes à metade da tarifa dos carros, serão cobradas nas praças de Sertãozinho, Ituverava, Pitangueiras e Sales Oliveira, onde não havia esta cobrança.

Já os motoristas de automóveis passam a pagar tarifas até 25% mais baratas. Os novos valores resultam de mudanças feitas no programa de concessões rodoviárias. É a primeira vez, no Estado de São Paulo, que ocorre redução de tarifa de pedágio em uma transição da concessão.

Nas novas concessões também está previsto um desconto adicional de 5% caso o usuário opte pelas pistas automáticas, nas quais não há a cobrança manual e os custos são faturados a partir de serviços como Sem Parar e ConnectCar. De acordo com a Artesp, 56% dos motoristas já pagam o pedágio nesse modelo nas rodovias paulistas.