Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Em Queimados, moradores são retirados de casa de barco

Chuva castigou a Baixada Fluminense. Ruas de Nova Iguaçu estão alagadas. Transbordamento do Rio Camorim, em Queimados, deixa população ilhada

Por Pâmela Oliveira, do Rio de Janeiro - 11 dez 2013, 11h39

A chuva que atinge o Rio desde a noite de Terça-feira castigou a região da Baixada Fluminense. Em Queimados, o rio Camorim transbordou e inundou o bairro Eldorado, na periferia do município. Moradores estão sendo retirados de casa em botes da Defesa Civil. De acordo com a prefeitura, oito casas desabaram e outras cinco foram interditadas.

Vinte e três bairros foram afetados pela tempestade. Além dos botes, a prefeitura usa oito ônibus para resgatar moradores de bairros afetados, que estão sendo levados para duas escolas municipais, usadas como abrigos.

Leia também:

Leia também: Chuva leva caos ao Rio

Publicidade

Em Nova Iguaçu, bombeiros usaram botes para retirar passageiros de dentro de um ônibus, que ficou ilhado em uma rua. Diversos bairros estão alagados. Um morador do município esta desaparecido desde a madrugada. Moradores da Alameda Acácia, em Nova Iguaçu, publicaram no Youtube um vídeo com as ruas alagadas.

Segundo o Inea, três rios da Baixada (rio Pavuna, Sarapui e Botas) estão em alerta máximo e têm pontos de transbordamentos. O rio Iguaçu, que corta os municípios de Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Belford Roxo) está em estágio de alerta, com risco iminente de transbordamento.

Em Niterói, na região metropolitana do Rio, a forte chuva causou transtornos na manhã desta quarta-feira. Na Região Oceânica da cidade, bolsões de água interditaram trechos das vias. Em São Francisco, na Zona Sul da cidade, funcionários da prefeitura trabalhavam para desobstruir bueiros e eliminar os bolsões de água que prejudicavam o trânsito. Em Icaraí, motoristas que tentavam acessar a ponte Rio-Niterói tiveram problemas na Avenida Roberto Silveira devido aos bolsões que interditaram trechos da via.

Publicidade