Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Em meio à pandemia, Petrópolis fecha bar disfarçado de pet shop

Vídeo do momento da ação mostra dezesseis clientes aglomerados em menos de 20 metros quadrados; eles entravam pela loja de artigos para animais

Por Redação Atualizado em 1 jul 2020, 15h54 - Publicado em 1 jul 2020, 15h39

A Prefeitura de Petrópolis interditou e multou um bar que recebia clientes por meio de uma passagem em um pet shop, em meio à pandemia de coronavírus. Funcionários das secretarias da Fazenda, de Segurança, Serviços e Ordem Pública e do Procon chegaram ao local na noite de sexta-feira, 26, durante uma operação para fiscalizar a reabertura das atividades econômicas na cidade. Dezesseis pessoas estavam aglomeradas dentro dos menos de 20 metros quadrados do bar no momento da ação.

ASSINE VEJA

Wassef: ‘Fiz para proteger o presidente’ Leia nesta edição: entrevista exclusiva com o advogado que escondeu Fabrício Queiroz, a estabilização no número de mortes por Covid-19 no Brasil e os novos caminhos para a educação
Clique e Assine

Um vídeo que viralizou nas redes sociais (veja abaixo) mostra os servidores se deparando com a porta do “Bar do Zói” fechada, enquanto o petshop “Ração do Zói”, ao lado, estava aberto, com uma passagem para o bar, que pertence ao mesmo dono. As lojas de artigos e alimentos para animais são consideradas serviços essenciais, e por isso podem abrir na cidade desde o início da pandemia. A prefeitura já havia recebido denúncias sobre o funcionamento clandestino do bar por meio da loja. O estabelecimento foi multado em 800 reais no dia da Operação Faça Sua Parte.

Segundo a gestão municipal, o bar tem alvará de funcionamento, mas o pet shop apresentou apenas CNPJ e não tem alvará. Os fiscais da prefeitura voltaram ao local nesta terça-feira, 30, e aplicaram uma nova multa, porque a loja de artigos para animais estava funcionando sem a permissão. Uma nova multa foi aplicada pela Secretaria de Serviços e Ordem Pública, de 1.600 reais, valor dobrado em relação à anterior por reincidência, e o Procon também aplicará uma multa. O pet shop foi interditado.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)