Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em Joinville, ex-alunos do Bolshoi vão além do balé

Equipe de VEJA passou o dia na cidade catarinense de Joinville, o segundo destino da expedição que percorre o país para mostrar bons exemplos

A equipe da Expedição VEJA encontrou no centro de Joinville, na Rua Nove de Março, uma escultura recém-inaugurada: a Árvore da Dança, instalada em 29 de abril. É uma homenagem à longa tradição da cidade na área.

Joinville se prepara para receber, em julho, seu 32º Festival de Dança – o maior do mundo em número de participantes. Neste ano, 6.500 artistas devem se apresentar no evento, para um público de 100.000 pessoas.

O município também é sede da única escola do Bolshoi fora da Rússia. Isso, quase todo mundo já sabe. A novidade é que, nos últimos anos, conforme novas turmas da escola russa foram se formando, o cenário local se enriqueceu e surgiram grupos de dança formadas por ex-alunos da mais famosa escola do mundo. Um deles é o Ama, formado por oito dançarinos oriundos da instituição. O grupo criado em 2009 é a segunda companhia de dança contemporânea mais importante do Estado.

“Quando eles se formam, alguns conseguem trabalho fora, mas muitas pessoas ficam na cidade. Como haveria esse material humano disponível, optamos por montar uma companhia de dança contemporânea utilizando bailarinos que se formaram no Bolshoi”, explica Claudia Maiole, fundadora do grupo.

Leia também:

Em Joinville, 70% das exportações são industrializadas

Condomínio de indústrias abriga 2,6% do PIB de SC

Joinville mira inovação para assegurar crescimento

Tem algo a dizer sobre Joinville? Converse conosco pelas redes sociais por meio da hashtag #expedicaoveja.

Infográfico: A Expedição VEJA, quilômetro a quilômetro

O roteiro da expedição
Datas* Cidades
6/5 Jundiaí/SP
8/5 Joinville/SC
10/5 Não-me-toque/RS
13/5 Três Lagoas/MS
16/5 Sorriso/MT
20/5 Luis Eduardo Magalhães/BA
24/5 São Gonçalo do Amarante/CE
27/5 Petrolina/PE
31/5 Sete Lagoas/MG
2/6 Porto Real/RJ
4/6 São José dos Campos/SP