Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em jantar, Maia, Temer e Aécio discutem candidatura de Doria à Presidência

Nome do tucano voltou a ser estudado com apatia dos pré-candidatos de centro

A possibilidade de substituir Geraldo Alckmin por João Doria na chapa presidencial do PSDB, unindo o MDB e o DEM em torno desse novo candidato, foi o principal assunto de um jantar promovido na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na noite da quinta-feira, 21.

O encontro, que teve Maia como anfitrião, reuniu o presidente Michel Temer, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. Apesar de acertada há alguns dias, a reunião não constava da agenda oficial nem de Temer nem de Maia.

O jornal O Estado de S. Paulo apurou que foi feita ali uma avaliação de que Alckmin, estagnado nas pesquisas de intenção de voto, não consegue empolgar e, se nada for feito, o chamado centro político estará fora do segundo turno da disputa. O governo, a cúpula do MDB e setores expressivos do DEM têm simpatia por Doria.

A conversa não foi conclusiva, mas serviu para medir a temperatura da disputa, a menos de quatro meses da eleição. Na prática, todos queriam montar o xadrez e saber com quais aliados poderiam contar e quem seria o vice se a chapa fosse liderada por Doria, que tem negado a possibilidade de disputar a Presidência.

O pré-candidato do MDB ao Palácio do Planalto é o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que até hoje está estacionado em 1% das intenções de voto. No diagnóstico do governo, porém, ele não conseguiu vestir o figurino de candidato.

Negativas

Aécio negou que a reunião tenha discutido a substituição na chapa presidencial do PSDB. “Não tratamos desse assunto”, afirmou o senador, por meio de sua assessoria.

Procurado, o coordenador político da campanha de Alckmin, Marconi Perillo, disse não ter informação sobre o encontro na casa de Maia. “O candidato do PSDB é Geraldo Alckmin.”

Maia não quis comentar o tema da reunião. “Não teve nada demais”, disse o presidente da Câmara.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Aurélio

    Gente, tira duma vez o geraldinho propineiro. Ele só estraga e azeda mais a imagem do psdb. Se é que sobrou alguma. Quanto ao dória, não sei… é preciso ver se existe denúncias contra ele. Se estiver limpo, tudo bem.

    Curtir

  2. Francisco Lemos

    O pior e ter de ver esses sujeitos fazendo cara de gente seria e honrada. Claro que a conversa entre eles e sempre sobre modos.de apagar provas, como gilmar vai agir, etc…porque nao deixam logo o pcc tomar o controle??

    Curtir

  3. como alckmin teria poucos votos e na pesquisa também-não daria pra fraudar na urna, daria na kara–com dória as pesquisas sairiam maiores mesmo camufladas dariam pra ajudar a smartmatic , fraudar nas apurações—-derrotando o vencedor bolsonaro—–o dória vai salvar os bandidos da lava jato

    Curtir

  4. Carlos Aurélio

    Caro Francisco, assino embaixo! Perfeito.

    Curtir

  5. Carlos Aurélio

    Micka, será preciso dar um voto de confiança ao dória, por enquanto. Vamos aguardar.

    Curtir

  6. news da hora

    Doria /Datena uma super chapa . Todos os dois tem historia , e nomes limpos .

    Curtir

  7. news da hora

    O Brasil precisa de nomes limpos . Quem dever , que pague !

    Curtir