Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em carta a amigos, Dirceu reclama da corrupção… nos presídios

Ex-ministro reclama da falta de trabalho nas cadeias e elogia acervo da biblioteca do presídio onde está

O ex-ministro da Casa Civil do governo Lula José Dirceu, preso desde agosto de 2015 por envolvimento com o esquema de desvios na Petrobras revelado pela Operação Lava Jato, decidiu avaliar e apontar melhorias ao sistema carcerário do país. Entre elogios e reclamações — falou mal, por exemplo, da corrupção. A informação é da edição deste sábado do jornal O Estado de S.Paulo.

Condenado duas vezes pelo juiz Sergio Moro, há mais de 30 anos de prisão, Dirceu, em longa carta enviada a amigos, relata sua rotina no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Grande Curitiba. No texto, o petista conta a rotina na cadeia, a importância da disciplina e filosofa: “Preso primeiro chora, depois chama a mãe e seus santos, e faz remissão (direito do condenado de abreviar a pena mediante trabalho, estudo e leitura)”.

Segundo o ex-ministro, condenado também no escândalo do mensalão,  “o trabalho, a leitura, o estudo e a escrita transformam a prisão em vida produtiva e criativa, além de passar o tempo de maneira útil e agradável”. Ele também falou bem do acervo da biblioteca do presídio: “Em geral, literatura brasileira e mundial, autoajuda, espiritismo, cristianismo, catolicismo, correntes evangélicas. Nossos clássicos – e outros atuais – estão à disposição”.

Segundo o jornal, Dirceu cita que, como os presos não podem ter espelhos, “é preciso usar um prato grande e limpo” – e o quanto a prisão favorece o cuidado com a saúde.

No fim da carta, o ex-ministro faz críticas à “falta de trabalho, de colônias agrícolas e industriais, e de escolas”. E reclama do sistema de execuções penais do Brasil. “O mais grave é a incapacidade do Judiciário-MPF e dos juízes frente a um quadro de injustiça e ilegalidade único – 40% dos presos são provisórios, não julgados. A tudo isso soma-se a superlotação e degradação dos presídios. Fora a corrupção ou mesmo o controle dos presídios pelo crime organizado”, escreve.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ronaldo Magnavacca

    Preso é como dizem, tem que estar mesmo é na latrina da sociedade, e, na cadeia, esse é o lugar. Afinal, se nada tivessem feito de errado, não estariam lá. Então não tem que reclamar de nada, pois fizeram de tudo para lá estarem. Eu só lamento daqueles que ficam preso por erro do judiciário, que depois fica provado que não cometeram crimes e mesmo assim ficaram presos. Do resto, de ladrão de gravata (Dirceu), assassinos, estupradores, etc, etc que apodreçam na cadeia….

    Curtir

  2. Carlos Barreto

    Poderia entregar o chefe e aqui fora, “lutar” para melhorar as condições dos presídios. Porém, sem roubar.

    Curtir

  3. luciano jose do nascimento

    Esse fascínora reclamando de corrupção na cadeia é mole. Dirceu cadeia é cadeia, e espero que na primeira rebelião os seus pares lhe mate aí dentro.

    Curtir

  4. Armin Warkentin

    Maldito lixo não reciclável…..

    Curtir

  5. francisco salim alves penin

    Ei, revisão! Condenado a mais de trinta anos ( e não “há”)…

    Curtir

  6. Gilmar Lopes Vieira Vieira

    ZE DIRCEU …FICA TRANQUILO SEUS AMIGOS ESTÃO CHEGANDO PRA TE FAZER COMPANHIA…

    Curtir

  7. Roberto Rangel

    Me parece que Dirceu ainda se acha injustiçado e, caso seja solto, vai continuar a roubalheira de dinheiro do contribuinte a que sempre se dedicou.

    Curtir

  8. Horacio Alfredo Comes

    Há mais de trinta anos…. está escrito. Trinta chibatadas ao redator e mais trinta ao revisor.

    Curtir

  9. JOSÉ ROBERTO DE LIMA MACHADO

    Ladrão que rouba ladrão,…

    Curtir