Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Duda Mendonça exigiu receber dinheiro no exterior

Por Da Redação
3 ago 2012, 20h15

Por Ricardo Brito

Brasília – O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou nesta sexta que foi o publicitário Duda Mendonça e a sócia dele, Zilmar Fernandes, quem exigiram do publicitário Marcos Valério receber parte do acerto financeiro que tinha da campanha presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva em 2002. “A exigência de depósito no exterior foi feita por eles e não por Marcos Valério”, disse.

Pelo acerto, segundo Gurgel, Duda Mendonça teria R$ 11,2 milhões a receber da campanha. Desse valor, uma parte foi paga no Banco Rural em São Paulo, que foi retirada por Zilmar Fernandes.

O procurador-geral disse que a outra parte, R$ 10,8 milhões, foi paga no exterior na conta da Dusseledorf Company, um empresa offshore localizada nas Bahamas, um paraíso fiscal. Segundo ele, o saldo da campanha foi pago entre fevereiro de 2003 e janeiro de 2004, por meio de depósitos feitos por doleiros e pelo Banco Rural.

Gurgel afirmou que, inicialmente, a conduta no caso era típica de evasão de divisas, mas, após analisar a prova, constatou que a hipótese é para crime de lavagem de dinheiro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.