Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Doleiro Alberto Youssef é condenado por corrupção

Peça central da atual Operação Lava Jato, doleiro foi condenado pelo crime de corrupção ativa no antigo caso do Banestado

O juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, condenou nesta quarta-feira o doleiro Alberto Youssef a quatro anos e quatro meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de corrupção ativa. Em 1998, Yousseff – hoje pivô de outro escândalo, a Operação Lava Jato de combate à lavagem de dinheiro – obteve 1,5 milhão de dólares em empréstimos fraudulentos em favor da Jabur Toyopar Importação e Comércio de Veículos Ltda, após pagar propina de mais de 130.000 dólares a Gabriel Nunes Pires Neto, então diretor do Banestado.

O caso estava suspenso porque Youssef aceitou um acordo de delação premiada no qual, em troca da perspectiva de redução de pena e até do perdão judicial, se comprometia a dar detalhes sobre o esquema no Banestado. Para o Ministério Público, porém, com a desarticulação do esquema da Operação Lava Jato, que indica participação ativa do doleiro em um esquema de fraudes bilionário, o benefício da delação foi anulado e permitiu a continuação do processo contra ele.

Leia também:

Tesoureiro do PT procurou doleiro Youssef

Leia também:

Youssef deu helicóptero ao deputado Argôlo, diz advogado