Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dois PMs são presos acusados de executar adolescente

Mateus Alves dos Santos, de 14 anos, foi morto com um tiro de fuzil na cabeça

Por Da Redação - 18 jun 2014, 20h44

Os cabos da Polícia Militar Fábio Magalhães Ferreira, de 35 anos, e Vinícius Lima Vieira, de 32, tiveram a prisão temporária decretada nesta quarta-feira, pelo plantão judiciário. Eles são acusados de executar um adolescente de 14 anos, detido por roubo, com um tiro de fuzil na cabeça. O corpo do garoto foi encontrado no Morro do Sumaré, na Zona Norte do Rio, na madrugada de terça.

Mateus Alves dos Santos e outro adolescente praticavam assaltos na Avenida Presidente Vargas, no Centro, quando os PMs chegaram. Segundo as investigações, em vez de serem encaminhados para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – como é recomendado nesses casos -, os garotos foram levados para a favela. Os dois foram baleados e arremessados do alto do morro. O que sobreviveu foi atingido nas costas e na perna. Mateus, baleado na cabeça, morreu na hora.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade