Clique e assine com 88% de desconto

Cliente e criminoso morrem após assalto a banco no Rio

Cinco assaltantes se renderam após negociações com o Batalhão de Operações Especiais (Bope); um dos mortos é um cliente vítima do tiroteio

Por Guilherme Venaglia - Atualizado em 5 mar 2018, 11h30 - Publicado em 2 mar 2018, 19h46

Um cliente e um criminoso morreram após um assalto com reféns a uma agência bancária em Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Por volta das 16h desta sexta-feira, os criminosos invadiram o banco e encontraram a reação dos seguranças da agência, iniciando uma troca de tiros.

Dois clientes foram atingidos e encaminhados ao Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na Zona Oeste. Um dos dois, um policial reformado, não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro segue em atendimento. O criminoso atingido morreu no local.

Após a chegada dos policiais, os cinco assaltantes fizeram 36 clientes como reféns até por volta das 19h, quando se entregaram. A negociação foi conduzida pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope), que trouxe familiares de um dos criminosos para convencê-los a encerrar o assalto. Durante a ação, a rua Maria de Freitas, onde se localiza a agência, foi interditada.

Ao final do roubo, policiais do Bope iniciaram uma varredura no local – com os criminosos, foram apreendidas quatro pistolas e três revólveres. Paramédicos do batalhão atendem os reféns liberados no local.

Publicidade