Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Doações arrecadadas para Brumadinho são suficientes, diz Defesa Civil

O total de mortes em decorrência da ruptura aumentou para 58 pessoas neste domingo

Por Da Redação
Atualizado em 28 jan 2019, 11h32 - Publicado em 27 jan 2019, 22h18

Em vídeo divulgado na noite desta domingo 27, a Defesa Civil de Minas Gerais declarou que não são necessárias mais doações para as vítimas da  ruptura da barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG).

“Os donativos arrecadados até o momento são suficientes, não sendo necessário o envio de mais materiais para o socorrimento humanitário”, afirmou o tenente coronel Flávio Godinho, que também agradece “o empenho e solidariedade do povo mineiro” pelo grande número de doações.

O total de mortes em decorrência da ruptura aumentou para 58 pessoas neste domingo. O número de desaparecidos subiu para 305, enquanto 192 pessoas foram resgatadas vivas.

Veja, abaixo, o vídeo com o pronunciamento da Defesa Civil:

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.