Clique e assine a partir de 9,90/mês

DNA confirma que sangue em Land Rover é de Eliza

Menor confessou ter agredido ex-amante do goleiro Bruno com coronhada dentro do veículo

Por Andréa Silva, de Contagem (MG) - 7 jul 2010, 14h08

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou, no início da tarde desta quarta-feira, que é de Eliza Samudio o sangue encontrado na Land Rover do jogador Bruno. O veículo tinha sido apreendido no dia 8, em uma blitz, em Contagem, por estar com documentação irregular. Na tarde de terça-feira, um adolescente de 17 anos, localizado pela polícia na casa de Bruno, confessou ter agredido Eliza com uma coronhada quando ela era transportada por ele e macarrão, no mesmo Land Rover, em direção a Minas Gerais.

O sangue no carro foi descoberto com o uso da substância luminol – que indica vestígios de sangue. Para confirmar que o material era de Eliza, policiais colheram amostras de saliva do pai da jovem, o engenheiro Luís Carlos Samudio, e do filho dela, o menino Bruninho, de quatro meses.

O exame ajuda a sustentar a versão apresentada pelo menor, que confessou ter participado do crime. Dentro da Land Rover também foram localizados óculos e um par de sandálias de Eliza.

Publicidade